Diretores do SINDACS PE dão continuidade às negociações em São Joaquim do Monte

Os diretores do SINDACS-PE Ricardo Alexandre, de articulação dos municípios, Antônio Silva, de assuntos jurídicos, além de uma comissão formada por ACSs e ACEs do município de São Joaquim do Monte e a delegada de base Cristina, participaram de uma reunião nessa quarta-feira (08), na câmara municipal com o prefeito da cidade, Eduardo José de Oliveira Lins (Duguinha Lins) e a secretaria de saúde, Bianca Nyegelle e Silva Lins.


A reunião representou a continuidade da mesa de negociação iniciada em março deste ano. Na ocasião, foram apresentados os itens da pauta de reivindicação da categoria encaminhadas por ofício à gestão municipal: Elaboração do LTCAT e do PPP, solicitação do pagamento do adicional de insalubridade, pagamentos do Previne Brasil e do PQAVS.


Iniciando as falas, a secretária de saúde, informou que já adquiriu os protetores solares para os agentes e que seria entregue naquele momento. Ela também comentou sobre o processo de aquisição dos tablets para os ACSs, e sobre os outros tópicos da pauta. Sobre o Previne Brasil, a secretária, definiu que será montado um grupo de trabalho com representantes das categorias para definirem a forma que será dividido o pagamento do PQAVS. A elaboração dos laudos PPP e LTCAT ficarão para as próximas reuniões da mesa de negociação. Referente ao pagamento do adicional de insalubridade, repassado, foi informado que não seria possível o pagamento devido ao limite de gastos. Segundo o diretor Ricardo, a decisão desagradou fortemente as representações sindicais e as categorias.


Os diretores do SINDACS-PE reclamaram com base na legislação federal da categoria, nas experiências de outros municípios e sobre o anseio dos ACS e ACE do município, que lutam há anos para a garantia desse direito, o qual sempre foi negado pelas gestões anteriores.


Diante do acalorado debate sobre o assunto, sob o qual teve ampla participação de todos os agentes, Duguinha Lins, saudou os presentes e comentou da situação atual do município e do país, do ponto de vista financeiro e pandêmico, também comentou sobre a conquista do protetor solar e da futura aquisição dos tablets para os servidores e da própria abertura da mesa de negociação com os agentes, destacando os avanços que tem feito em sua gestão em prol da categoria. Segundo o prefeito, em face dos argumentos apresentados, ele destacou: “Eu me comprometo em pagar o adicional de Insalubridade a partir de janeiro de 2022, por meio de lei municipal, a qual será encaminhada e votada ainda este ano'', afirmou Duguinha Lins.


Os diretores do SINDACS-PE vão encaminhar os projetos de leis de adicional de Insalubridade ( escalonadas), do PQAVS e do Previne Brasil para a secretaria de assuntos jurídicos, com objetivo de colaborar nas construções das minutas. O SINDACS-PE não para de trabalhar em defesa da categoria. Juntos somos fortes.



Jacielma Cristina

Jornalista do SINDACS PE

8 visualizações