Buscar
  • Sindacs PE

SINDACS PE e FENASCE Firmes na Luta em Defesa dos Direitos da Categoria em Brasília/DF

A FENASCE (Federação Nacional de Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias) montou um cronograma de atividades intensivas em Brasília-DF com o objetivo de realizar ações táticas em prol da Categoria na imposta "Reforma da Previdência", além de acompanhar o processo de elaboração da formação do curso técnico de ACS e ACE que está sendo estruturado pela Atenção Básica no Ministério da Saúde.


O presidente da FENASCE Luís Claúdio afirmou que a Federação é totalmente contra a essa Reforma, mas diante do cenário e da conjutura política, a Federação tem o "plano B" que é aumentar o exército de trabalhadores e trabalhadoras e reforçar a Luta na Defesa e Preservação dos direitos da Categoria diante da Reforma. A diretoria que representa vários estados do Brasil dividiram-se em grupos e executaram as ações propostas no cronograma durante os dias 01-04 de julho/2019.


O SINDACS PE teve o seu presidente Graciliano Gama e os diretores Ilze Mendes e Jorge Alberto participando ativamente das atividades e repassando de imediato todas as informações para a categoria, através das redes sociais. No Ministério da Saúde, estiveram na Atenção Básica em conversa com a coordenação falando sobre o curso técnico de ACS e ACE que está sendo elaborado com as novas atualizações da lei nº 11.350/18 e previsto para ser aplicado em todo o Brasil até o primeiro semestre de 2020.


Segundo a coordenação, o curso técnico deverá conter as novas atribuições e há uma grande dificuldade para identificar o nível de instrução de todos e todas ACS's e ACE's do país, a coordenação pediu a ajuda do SINDACS PE e a FENASCE para diminuir essa dificuldade. PMAQ também foi pauta da reunião com a Atenção Básica, porém sem grandes novidades, visto que o PMAQ estar sendo reavaliado e deverá sofrer alterações.


As ações foram intensas e dinâmicas por coincidir com várias atividades de alta relevância para a população brasileira, como a sabatina de quase 8h de depoimento do ministro da Justiça, Sérgio Moro, à Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, Apresentação do relator sobre a nova versão da proposta da Reforma da Previdência e o protesto dos policiais no Congresso Contra a Reforma da Previdência chamando o atual presidente de "TRAIDOR" por excluir a Aposentadoria Especial. Com tudo, a FENASCE se manteve firme no próposito de Defesa da categoria fazendo a entrega de panfletos nos gabinetes de todos deputados e deputadas federais pedindo a sensibilização e o apoio na Aposentadoria Especial do ACS e ACE.


Ilzenaide Mendes

Diretora de Comunicação

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

© 2020 - Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias de Pernambuco